Fechar
Home noticia principal “PEC 5 é o principal pleito da categoria”, disse presidente Spada durante AGE

“PEC 5 é o principal pleito da categoria”, disse presidente Spada durante AGE

17 de julho de 2017 noticia principal

“PEC 5 é o principal pleito da categoria”, disse presidente Spada durante AGE

[datar]

Em defesa da PEC 5, o presidente Rodrigo Spada disse que a proposta, considerada o principal pleito da categoria, não significa apenas elevar o subteto do funcionalismo público das carreiras típicas de Estado. “Representa autonomia, independência e reconhecimento ao posicionar a classe no mesmo patamar daquelas que já tenham o teto diferenciado do nosso”, disse durante Assembleia Geral Extraordinária (AGE), neste sábado (15).

Spada também falou sobre o protagonismo dos AFRs durante o período de mobilizações em defesa do pleito na Assembleia Legislativa (Alesp). “ É uma verdadeira mudança de paradigma, porque demostra a nossa força, a nossa união. Esse é o recado que nós temos que passar”, relatou.

Segundo o presidente, a conduta da classe, em respeito à mobilização e à ampla atuação política, também tem inspirado outras carreiras de Estado: “Temos que continuar com esse trabalho, pois é a partir dele que conseguiremos alcançar os resultados desejados, superando os desafios”.

WhatsApp Image 2017-07-17 at 20.32.09
Mais de mil AFRs estiveram presentes em AGE histórica. Crédito: José Adão de Oliveira

Na Assembleia histórica, com mais de 1.000 AFRs presentes, foi abordado o futuro das principais mobilizações da classe. Compuseram a mesa o presidente Spada; o presidente do Sinafresp, Alfredo Maranca; o coordenador da CAT, Luiz Cláudio Carvalho, e o advogado do Sinafresp, Thiago Alves. Os AFRs Michele Ferreira e Guilherme Martins também apreciaram os trabalhos ao lado do presidente da mesa, Renato Saccaro.

A AGE aconteceu três dias após o anúncio emitido pelo Secretário da Fazenda, Hélcio Tokeshi. Em nota, o líder da pasta sugeriu retomada de diálogo com a classe. O acordo prevê Adicional de Transporte (AT) aos internos, benefício hoje concedido aos fiscais externos. Em contrapartida, propõe trégua nas mobilizações e nos atos sindicais dentro de um período de 60 dias.

Propostas à mesa

Ao longo da Assembleia, foi apresentado um conjunto de propostas individuais e coletivas sobre ações de mobilização em defesa da PEC 5. A Câmara Temática – Mobilizações e a Diretoria do Sinafresp também apresentaram suas proposituras.

Em resposta à proposta do Secretário da Fazenda, o presidente do Sinafresp, Alfredo Maranca, propôs avaliá-la detalhadamente após reunião com o líder da pasta. O encontro está previsto para esta terça (18). A proposta venceu com ampla maioria e transformou a AGE em permanente. Na próxima quinta (20), às 9h, uma nova Assembleia regionalizada irá ditar o ritmo das negociações com o governo.

“Não vamos aceitar qualquer proposta sectária e divisionista. Estamos atentos e podemos a qualquer momento decidir o nosso futuro de forma soberana em AGE. Inclusive, a ideia de uma assembleia permanente é válida, porque passa a mensagem de estado de sítio, estado de guerra e abre o diálogo de que estamos dispostos à negociação, mas não vamos ceder”, reiterou Spada.

WhatsApp Image 2017-07-17 at 23.23.28
Presidente Rodrigo Spada durante sua fala. Crédito: Camila Barros

Para o CAT, Luiz Cláudio, o ineditismo da participação da administração tributária na mesa de uma AGE reitera que “a administração tributária não só apoia a PEC, como luta por ela ao lado da classe”, falou dirigindo-se ao público presente.

Luiz Cláudio sugeriu início do período de negociações e trégua nas mobilizações até a Assembleia Regionalizada desta quinta (20). Tal proposta foi rejeitada por ampla maioria.