Fechar
Home Diretoria Executiva Grupo de trabalho quer a participação de todos AFR´s na solução da cobrança tributária

Grupo de trabalho quer a participação de todos AFR´s na solução da cobrança tributária

3 de maio de 2021 Diretoria Executiva

É fundamental criar as condições para um grande engajamento, afinal esse é um assunto de suma importância para a administração tributária e, portanto, para a classe

Conforme anunciado na última quarta-feira (28/04), a Afresp criou um grupo de trabalho para avaliar os resultados atuais e propor um novo modelo de cobrança de dívidas e recuperação de crédito no Estado. Após vários colegas AFR´s se interessarem pela iniciativa, o grupo anuncia que promoverá palestras e debates com toda a classe para uma construção coletiva do novo modelo.

Segundo Carlos Leony, presidente da Afresp, ninguém conhece mais sobre os desafios da administração tributária do que os AFR´s. “Nossa classe está precisando desse grande debate em torno do aprimoramento do nosso trabalho. Recebemos mensagens de vários colegas com incentivos, questionamentos e preocupações. Isso indica que o debate está latente e que será bastante enriquecedor, com muitas ideias e soluções. Para isso, é fundamental saber o que é a moderna administração tributária para a OCDE e para o CIAT, e, a partir daí, construir um novo modelo que valorize a classe, diminua a burocracia, simplifique os processos e ainda gere resultados melhores para a sociedade”.

Uma das aspirações do Brasil é entrar para a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Porém, nenhum outro indicador oferece maior risco para os planos do País do que a atual situação da dívida ativa como um todo, incluindo União e Estados, e boa parte desse problema pode ser atribuído à ineficiência do modelo atual de gestão, inclusive institucional.

Portanto, o grupo de trabalho pretende, como primeira ação, promover o nivelamento de conhecimento entre todos os AFR´s sobre o estágio atual das experiências internacionais e da literatura técnica sobre o tema. Numa fase seguinte, promover um grande debate sobre a aplicabilidade das melhores práticas adotadas pelos países que fazem parte da OCDE à realidade da administração tributária do Estado.

Para esse trabalho, contribuirá como palestrante e debatedor o auditor fiscal da Receita Estadual do Rio de Janeiro, Fábio Verbicário, que vem estudando já há alguns anos as experiências bem-sucedidas dos países que fazem parte do bloco. Aliás, o próprio Secretário da Fazenda do Rio de Janeiro, Guilherme Mercês, parabenizou a Afresp pela iniciativa e recomendou que outros auditores fiscais de lá participem desta jornada.

A ideia do grupo de trabalho é expandir o conhecimento científico sobre o tema e preparar os AFR´s para a apresentação de uma grande solução para a sociedade e para o governo. Contamos com a participação de todos!

Acompanhe aqui as novidades que serão divulgadas em breve.

Tags: