Fechar
Home Exclusive Afresp Fundo Exclusive Afresp do BTG tem rentabilidade acumulada acima do CDI

Fundo Exclusive Afresp do BTG tem rentabilidade acumulada acima do CDI

16 de setembro de 2022 Exclusive Afresp

Em agosto, o Fundo Exclusive Afresp, criado pelo BTG Pactual Advisors exclusivamente para a Afresp e seus associados, apresentou uma rentabilidade de 1,23%, o que representa 104,99% do CDI. Desde o seu lançamento, em novembro do ano passado, o retorno acumulado é de 9,12%, ou 101.62% do CDI.

O mercado tem precificado que os juros não precisam subir tanto para conter a inflação, o que ajuda diretamente os ativos de risco.

Desde junho e julho, o mercado adotou uma dinâmica mais agressiva da curva de juros devido às discussões da PEC 1/2022 e riscos fiscais atrelados a ela. Parece que o aperto monetário foi superado no Brasil.

Toda essa movimentação da curva trouxe uma volatilidade maior nas marcações dos papéis pré-fixados e indexados à inflação. Atualmente, o Fundo Exclusive Afresp do BTG tem na sua carteira 15% de posição em Pré (vencimentos curtos) e 8,5% em Tesouro IPCA (NTN-B), sendo esta última mais sensível ao movimento da curva e o principal fator de risco da carteira.

Cenário mais estável

O Copom sinalizou o fim do ciclo de alta da Selic no atual patamar 13,75% a.a. A ata divulgada em 09 de agosto reforçou uma inclinação do BCB na manutenção desta taxa. Somados a este movimento, há também dados melhores de inflação (inclusive uma atípica deflação em julho/22 gerada principalmente pela PLP18 – Limitação de ICMS sobre combustíveis), como o alívio dos preços das commodities, bem como as dinâmicas de Guerra na Ucrânia e a Covid na China sendo atenuadas.

O mercado começa a precificar uma queda na atividade global, o que ajudaria a controlar a inflação

Composição atual beneficia diretamente a carteira do Fundo Exclusive Afresp do BTG

O Fundo Exclusive Afresp do BTG tem característica conservadora, com a sua maior posição indexada à Selic (pós). Os papéis pré e indexados à inflação devem se beneficiar dessa combinação de controle da inflação e fechamento da curva de juros, reforçando que os vencimentos curtos são menos sensíveis a este movimento, característica principal de ambas as posições.

O fundo segue entregando acima do CDI, diversificado em renda fixa nos seus emissores e indexadores e, com um racional que busca ganhos futuros também se aproveitando da dinâmica da curva de juros, além de surfar bem nas posições indexadas ao CDI.

Clique aqui e saiba mais sobre a parceria com o BTG Pactual Advisors e sobre o Fundo Exclusive Afresp.