Fechar
Home Notícia Associação Casa de Estar, de Santos, recebe cheque do Fundafresp

Associação Casa de Estar, de Santos, recebe cheque do Fundafresp

18 de abril de 2016 Notícia

Associação Casa de Estar, de Santos, recebe cheque do Fundafresp

[datar]

A calorosa tarde da sexta-feira, dia 15 de abril, foi marcada pela entrega dos recursos do Fundafresp à Associação Casa de Estar, em Santos. A entidade foi eleita pelos filiados da região no processo de votação do Edital 002/2015, com o projeto de instalação elétrica e compra de aparelhos de ar condicionado, caminhas, reforma dos banheiros, instalação de câmeras internas nas salas de aula, e compra de um freezer. Veja mais fotos do evento na página da Afresp do Facebook.

entrega_santos

Estiveram presentes à cerimônia o deputado estadual Caio França; o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa; o presidente da Afresp, Rodrigo Keidel Spada; o coordenador do Fundafresp, José Roberto Rosa, o diretor Regional de Santos (e também presidente da Associação Casa de Estar), Carlos Alves Queiroz; o Adjunto, Placido Villamarin Rodrigues; o Auxiliar do Fundafresp, Marcello Massei Porto; Delegado Regional Tributário, Gustavo de Magalhães Gaudie Ley; o presidente do Sinafresp, Alfredo Maranca; e o diretor de Comunicação e Eventos do Sinafresp, Leandro Ferro.

“Há 20 anos, os fiscais da Afresp, com seus 68 anos de história, 7100 associados e 230 funcionários, buscaram fazer algo mais pela sociedade. Eles resolveram se unir e doar parte do seu salário para auxiliar entidades assistenciais, e assim poder agir diretamente na realidade onde vivem. O Fundafresp já doou mais de R$ 13 milhões a 1300 entidades”, disse o presidente Rodrigo, abrindo a solenidade.

Em seguida, dando continuidade ao evento, o coordenador do Fundafresp, José Rosa, agradeceu a presença de todos. “É uma alegria muito grande estar aqui, ainda mais em poder contribuir com uma entidade que tem um colega fiscal na presidência, o AFR Carlos Queiroz”. Rosa também enfatizou a importância do trabalho das instituições assistenciais na sociedade. “A família é responsável por cuidar das crianças e adolescentes, mas ela não é a única. O governo também é, mas ele não consegue fazer tudo sozinho. Cabe a nós, sociedade civil, parte desse trabalho de acolhê-las”.

Rosa chamou o diretor Adjunto de Santos, Plácido Villamarin Rodrigues, e o Auxiliar do Fundafresp, Marcelo Massei Porto, para entregar o cheque de R$ 40 mil ao presidente da Associação Casa de Estar, Carlos Alves Queiroz. “Cuidar das crianças, fornecendo alimentação, educação e socialização não tem preço. Esse é um trabalho que fazemos com muito rigor. Com essa doação, vamos melhorar as condições de atendimento na Associação”.

O Delegado Regional, Gustavo de Magalhães, participou da cerimônia. “É muito honroso estar aqui, conhecer mais o trabalho do Fundafresp e, com isso, divulgar mais ainda o Fundo, para que mais colegas possam fazer parte”. O presidente do Sinafresp, Alfredo Maranca, falou em seguida. “As presenças do deputado e do prefeito dão mais esperança ainda às crianças. Parabéns à Afresp pelo trabalho e temos muito orgulho de termos como amigo José Rosa”.

O deputado estadual Caio França enalteceu o desempenho dos AFRs paulistas. “O trabalho dos fiscais na arrecadação do estado de São Paulo é referência no Brasil todo, e dá sustentação ao governo na realização das políticas públicas. É um prazer estar aqui e ver que, mesmo em um momento político complicado como o nosso, há esses momentos bons, em que com uma doação pequena fazemos a diferença”.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre, que já foi secretário de Desenvolvimento Social de São Paulo, disse a atitude da Afresp era uma boa notícia para a cidade. “Em nome das famílias santistas, quero agradecer vocês. Temos que fazer novas parcerias com as entidades. Sabemos dos desafios para manter as portas delas abertas, e vocês estão mudando a perspectiva de muitas famílias. Estamos felizes de ter o trabalho do Fundafresp, para termos um mundo melhor”.

O presidente Rodrigo Spada encerrou a cerimônia. “Queremos ser modelo para outras entidades de classe, que elas possam seguir nosso exemplo e também ajudem as instituições assistenciais. Fazer a doação dos recursos é a parte mais fácil, o mais difícil é estar no dia a dia do trabalho na entidade. Sâo vocês da Associação que merecem os aplausos, por dedicarem parte do seu tempo para trabalhar para quem precisa”.